Ultrassom microfocado

Ultrassom microfocado

O que é?

O ultrassom microfocado foi uma tecnologia inicialmente desenvolvida no intuito de promover efeito lifting facial, de forma não invasiva e não cirúrgica. Por conta dos resultados animadores obtidos, atualmente além da face, temos essa tecnologia disponível ainda para o tratamento da flacidez corporal e vaginal.

Como o Ultrassom Microfocado funciona?

O aparelho emite ondas de ultrassom, capazes de aquecer e coagular camadas profundas da pele. O aparelho é dotado de múltiplos aplicadores, capazes de entregar as ondas ultrassônicas em diferentes profundidades. De acordo com a profundidade escolhida, se na derme, nos músculos ou na gordura, teremos resultados distintos.

Quando a energia é focada até 3mm abaixo da superfície da pele, ocorre estímulo à produção de colágeno e elastina, com melhora da firmeza da pele.

Se as ondas ultrassônicas são direcionadas para profundidades entre 4,5 a 6,0mm, os músculos serão o alvo. Nesse caso, ocorre coagulação e contração muscular, responsáveis por um efeito lifting imediato suave, já perceptível logo após o procedimento na maioria dos pacientes.

Finalmente, quando se utilizam aplicadores que direcionam a energia para profundidades maiores que 6,0mm, em geral procura-se levar a coagulação das células de gordura. Por esse efeito, é comum indicarmos o ultrassom para o tratamento de gordura localizada na papada, nas axilas, no abdome e nos culotes. Também é muito comum utilizarmos o aparelho para
afirnarmos a face de pacientes com a face mais redonda, o chamado “efeito bichectomia”

Indicações

Na face: aumento da firmeza e do contorno facial, elevação suave das sobrancelhas, afinamento da face e diminuição da papada.

No corpo: melhora da flacidez, celulite e gprdura localizada.

Na região genital: aumento da firmeza de grandes e pequenos lábios, diminuição da frouxidão vaginal pós parto, melhora de quadros como incontinência urinária e prolapsos genitais, aumento da lubrificação vaginal.

O que esperar

Os resultados do procedimento são geralmente bastante satisfatórios e serão principalmente perceptíveis após 3 a 4 meses da realização da apliacação. Isso porque a pele precisa de tempo para que o colágeno seja produzido e sua presença seja convertida em aumento de firmeza.
flacidez.

Obviamente, os resultados do aparelho não são comparáveis a de uma cirurgia plástica. Pacientes que desejam resultados de lifting facial cirúrgico ou de lipoaspiração devem se submeter a essas cirurgias. Digo isso para alinhar as expectativas de resultados com os efeitos que realmente o aparelho pode entregar.

Para face, geralmente são indicadas sessões anuais, porém a realização das sessões em intervalos semestrais é considerada uma excelente ferramenta de manter o colágeno cutâneo.

Protocolos corporais, em geral requerem 3 sessões com intervalos mensais, inicialmente. Sessões adicionais serão avaliadas individualmente. Em relação a área genital, uma nova sessão pode ser realizada a cada 4 meses.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp