tratamento antienvelhecimento

Com qual idade devo inciar o tratamento antienvelhecimento?

O tratamento antienvelhecimento é aquele que pode ser feito para prevenir ou tratar os sinais de desgaste da pele, como manchas, flacidez, linhas de expressão e rugas.

Ele pode ser baseado em uma rotina de cuidados, com produtos desenvolvidos  com ativos anti-idade que possuem altas concentrações e com eficiência fundamentada, porém também há procedimentos clínicos estéticos, como lasers, preenchimento, peelings, entre outros.

O tratamento para retardar o envelhecimento da pele deve começar em torno dos 25 anos de idade, a depender das necessidades de cada tipo de derme.

Envelhecimento da pele 

O envelhecimento da pele acontece de duas formas: pela ação natural relacionada ao tempo (idade), alterações hormonais (processo começa entre os 30 e 45 anos de idade) e agentes externos, incluindo o sol, que é um dos principais causadores.

Os sinais que surgem devido ao desgaste natural são visíveis em toda a pele, por meio do aparecimento de sulcos na face e rugas finas. Além disso, a derme perde elasticidade e se torna mais seca.

Proteção solar é fundamental

Dependendo da genética e da exposição solar ao longo da vida, algumas pessoas vão apresentar sinais de envelhecimento antes mesmo dos 30 anos de idade. 

A produção natural do colágeno já começa a diminuir a partir dos 25 anos, e é nessa etapa que as alterações do DNA causadas pelos raios ultravioletas começam a aparecer, por esse motivo essa é a idade ideal para começar o tratamento antienvelhecimento.

O ideal é que o filtro solar seja aplicado todos os dias, até mesmo com o clima nublado e em ambientes fechados. Normalmente, a pele dos jovens são mais oleosas, por isso, investir em produtos que auxiliem no controle do brilho ao longo do dia, pode ser muito bem vindo.

Uso de antioxidantes de forma preventiva

A exposição à radiação solar e a poluição geram radicais livres, que são moléculas inconstantes que prejudicam as células da pele, acelerando o processo de envelhecimento.

Sozinho, o organismo humano não consegue neutralizá-los, mas os antioxidantes ajudam a neutralizá-los. O protetor solar exerce uma espécie de bloqueio externo contra a radiação solar, uma vez que age superficialmente.

Entretanto, o filtro solar não consegue impedir totalmente os danos na pele causados pelo sol, mas apenas 55%.

A combinação do uso do filtro solar com os antioxidantes, desde alimentos a dermocosméticos indicados pelo dermatologista, faz com que a proteção passe a ser interna e completa, uma vez que a ação se prolonga para as células.

Ativos contidos em cremes anti-idade que podem ser utilizados por faixa etária

O uso de cremes com fórmulas contendo Vitamina E, Vitamina C, ácido azelaico, ácido ferúlico, ácido glicólico e retinóides diminuem a ação oxidante dos radicais livres. Ademais, aumenta a elasticidade e firmeza da pele.

Esses cremes são indicados para a faixa etária de 25 a 35 anos. Como resultado, eles melhoram os sinais de fotoenvelhecimento e diminuem as rugas finas que se iniciam nessa faixa de idade.

Na faixa de 35 a 50 anos de idade, as alterações hormonais favorecem uma diminuição considerável da firmeza e da hidratação da pele. A partir desta faixa etária, o corpo humano tende a perder aproximadamente 1% de colágeno a cada ano.

Cremes que possuem em sua composição ácido hialurônico em concentrações elevadas, DMAE, hidraporinas, além de substâncias provenientes da soja, repõem a hidratação da pele.

Já dos 50 aos 60 anos de idade, o ideal é a utilização de ácido lático, retinóides, ácido glicólico em concentrações mais elevadas do que as utilizadas na faixa etária anterior, uma vez que esses elementos possibilitam a renovação celular.

Essas fórmulas podem ser potencializadas com ativos hidratantes, despigmentantes e tensores que melhoram a ação no tratamento antienvelhecimento da pele.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre meu trabalho como dermatologista no Rio de Janeiro.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp