tipos de rugas

Tipos de rugas: entenda a diferença entre elas

Não importa como são chamadas, o fato é que as rugas preocupam muitas mulheres. E, a menos que se tenha descoberto como não ser afetada pelo tempo, ou alguma fórmula mágica, todas nós teremos rugas em algum momento da vida. Afinal, elas fazem parte do envelhecimento natural do corpo – e isso não é nenhum problema.

As mulheres, por motivos estéticos e de autoestima, são as mais preocupadas com as linhas provocadas pelo tempo. Alguns estudos apontam que elas começam a pensar nos sinais de envelhecimento já por volta dos 29 anos.

Mas, você sabia que nem todas as rugas são iguais? A seguir, vamos entender a diferença entre elas. Acompanhe!

Principais tipos de rugas

Rugas estáticas

Este tipo de ruga é mais profunda. Elas surgem em decorrência do envelhecimento natural da pele. Seus primeiros sinais aparecem por volta dos 30 anos, tornando-se mais perceptíveis após os 50 anos.

Além da perda de colágeno e de elastina, algo que ocorre naturalmente com o tempo, fatores externos, como sol e poluição, ou doenças da pele, podem contribuir para o surgimento e piora das rugas estáticas.

Rugas finas

São formadas por pequenas linhas, que costumam desaparecer quando a pele está relaxada. A título de curiosidade, elas podem surgir em qualquer parte do corpo, não somente no rosto.

Rugas gravitacionais

O nome é bem sugestivo. O surgimento desse tipo de ruga tem relação com a gravidade que afeta o corpo humano.

Geralmente, essas rugas dão seus primeiros sinais por volta dos 50 anos, diminuindo a elasticidade da pele e deixando um aspecto caído, o que torna ainda mais evidente os sinais da idade.

Rugas dinâmicas

As rugas dinâmicas têm uma relação muito íntima com a musculatura. O surgimento delas está ligado a movimentos repetitivos. É interessante observar que os músculos do rosto estão conectados à pele e, por isso, contrações provocadas pelo choro, riso, preocupação, até mesmo expressões de susto, podem contribuir para o surgimento desse sinal.

O que causa as rugas?

Além da idade, as rugas surgem em um percentual alto de pessoas até mesmo durante a juventude, devido à falta de cuidados básicos com a pele.

Quando a pele é exposta aos raios UV, o organismo humano libera mais radicais livres. Em nossa pele, eles prejudicam a elastina e o colágeno, que são essenciais para uma boa estrutura e firmeza cutânea.

Sendo assim, o uso de filtro solar, especialmente no rosto, peito e pescoço (e em qualquer outra área exposta) é muito importante para evitar os danos.

Também vale a pena começar a cuidar da pele mesmo antes dos primeiros sinais surgirem. Algumas pessoas esperam o aparecimento das primeiras rugas para começar a se proteger, melhorar a alimentação e cuidar da hidratação. Mas, se você inclui esses cuidados na sua rotina, desde a juventude, a qualidade da sua pele tende a prevalecer por muitos anos.

Por fim, sempre consulte um profissional especializado antes de optar por cremes e receitas caseiras. Com a orientação adequada, é possível obter os melhores resultados, seja qual for o método de tratamento escolhido!

As rugas são inevitáveis, porém, como vimos, ações básicas e simples no dia a dia podem ajudar a minimizar esses sinais.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre meu trabalho como dermatologista no Rio de Janeiro.

O que deseja encontrar?

Compartilhe