criolipolise

Criolipólise: o que é e quando é indicada?

A criolipólise é um tratamento estético e não invasivo (sem cortes) que atua na queima e no combate à gorduras localizadas.

O procedimento é feito por meio de uma técnica que envolve o uso de aparelhos que realizam o trabalho de congelamento e sucção de células de gordura que, por sua vez, são congeladas a temperaturas negativas para que sejam destruídas.

Esse processo de transformação da gordura não é simples pois o corpo reage com uma infecção.

Portanto, se fazem necessários alguns cuidados após sua realização, a fim de auxiliar o organismo a se manter estabilizado.

Indicações para a criolipólise

A indicação da criolipólise pode ser dada para homens e mulheres que possuem gorduras localizadas em regiões do corpo que possibilitem a conexão das ponteiras do aparelho com segurança.

No entanto, é importante ressaltar que essas pessoas devem estar em seu peso normal e saudável.

As regiões do corpo que permitem essa conexão, são:

  • Abdômen;
  • flancos;
  • braços;
  • parte superior das costas;
  • parte inferior das costas (linha da cintura);
  • culotes;
  • parte interna das coxas;
  • região púbica;
  • peitoral.

Por outro lado, as regiões menos recomendadas para esse tipo de procedimento são o tornozelo e a face, pela falta de ponteiras adequadas para essas regiões.

Contraindicações

A seguir, confira quais são as contraindicações para o tratamento de criolipólise.

  • Sobrepeso;
  • gravidez;
  • hérnia abdominal;
  • cicatriz com menos de seis meses;
  • qualquer tipo de infeção ativa;
  • pruridos ou dermatite na região a ser tratada;
  • sensibilidade em excesso ao frio;
  • doenças neuropáticas.

Efeitos colaterais da criolipólise

Os efeitos colaterais causados por esse procedimento normalmente são transitórios. Abaixo, conheça alguns deles.

Dor leve e moderada

Normalmente essa dor é iniciada no decorrer do procedimento, podendo perdurar por até duas semanas após a realização do tratamento.

Redução da sensibilidade cutânea

Em razão do resfriamento, pode acontecer uma dormência local transitória.

Vermelhidão (eritema) após a sessão

O eritema acontece apenas em alguns casos, entretanto, desaparece logo em seguida ou, no máximo, em poucos dias.

Inchaço local 

O inchaço também é um efeito adverso transitório que ocorre em alguns casos e se dissipa rapidamente. Além disso, a drenagem linfática manual auxilia bastante na eliminação desses edemas.

Hematoma temporário

O hematoma temporário não acontece com muita frequência, porém, sendo o caso, leva entre uma e três semanas no máximo para desaparecer.

Deformação tecidual

Pode ocorrer em alguns casos devido à temperatura muito baixa e criação da dobra originada da sucção do aplicador, mas desaparece em poucos minutos.

Aumento ou alteração da sensibilidade da pele

A sensibilidade da pele pode permanecer por até três semanas após o procedimento.

Benefícios

Os benefícios principais do procedimento são a eliminação das gorduras localizadas e redução de medidas.

Ainda, os fabricantes do equipamento declaram que o tratamento é capaz de eliminar gorduras localizadas que nem mesmo dietas e exercícios físicos poderiam eliminar. 

Informações importantes

Vale a pena ressaltar que a criolipólise não é recomendada para ser usada para fins de emagrecimento, mas sim para remover gorduras localizadas. Para alcançar o peso ideal é necessário fazer uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos.


Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre meu trabalho como dermatologista no Rio de Janeiro.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp