preenchimento facial

A diferença entre botox e preenchimento facial

A evolução tecnológica possibilitou a descoberta e o desenvolvimento de novos procedimentos estéticos para melhorar o aspecto da pele, tais como, o Botox e o preenchimento facial. Embora produzam benefícios semelhantes, são tratamentos distintos.

Você sabe quais são essas diferenças? Caso tenha interesse em conhecer, continue a leitura do post. A seguir, explicaremos tudo sobre esses dois procedimentos.

O que é Botox?

O termo Botox é uma abreviação para toxina botulínica, substância com propriedades que paralisam os músculos da região onde é aplicada. Por isso, é utilizada não só na dermatologia, mas também no tratamento de doenças como microcefalia, paraplegia e espasmos musculares.

Ainda, o Botox é extraído da bactéria Clostridium Botulinum, o mesmo agente responsável por causar uma intoxicação alimentar chamada de botulismo. Porém, é utilizado em pequenas quantidades nos procedimentos estéticos.

Quando é indicado?

O objetivo principal da aplicação do Botox tem por objetivo deixar o músculo estático e relaxado. Porém, só é recomendado após uma avaliação médica, pois, o profissional precisa conhecer as características da pele do paciente.

De modo geral, a toxina botulínica é indicada para amenizar o aspecto das rugas e das linhas de expressão, arquear as sobrancelhas, melhorar o contorno dos lábios, levantar a ponta do nariz e corrigir o sorriso gengival.

Entretanto, no caso de rugas, o procedimento só é indicado para o tratamento das rugas dinâmicas, pois, o seu efeito paralisante impede a formação dessas marcas.

Como funciona?

De modo geral, o produto deve ser aplicado por profissionais especializados. Os primeiros resultados são percebidos nos primeiros dois ou três dias. Porém, os efeitos não duram para sempre, o que exige a sua reaplicação.

O que é o preenchimento facial?

Trata-se de um procedimento estético pouco invasivo e que pode ser feito de diferentes formas. O objetivo do tratamento é preencher sulcos ou áreas que perderam o volume em função do envelhecimento.

Geralmente, o preenchimento facial é procurado por pessoas acima dos 40 anos e que já experimentam os sinais do envelhecimento da pele. Ainda, o seu principal benefício é oferecer resultados naturais.

Quando é indicado?

O preenchimento é indicado para quem deseja remodelar as maçãs do rosto, queixo, mandíbula e lábios, nivelar os sulcos do rosto, melhorar a flacidez, recuperar o volume da face e a hidratação da pele.

Da mesma forma, diferente do Botox, o preenchimento não é indicado para tratar as rugas dinâmicas, mas sim as estáticas. Essas marcas são aquelas que são percebidas mesmo com o rosto relaxado.

Como funciona?

Para realizar o procedimento, o paciente também precisa ser avaliado pelo profissional a fim de que ele analise a região onde o tratamento será feito. O preenchimento pode ser realizado em consultórios e cada sessão leva cerca de 30 minutos.

Ainda, o produto pode ser aplicado na derme superficial, derme profunda, tecido subcutâneo ou regiões mais profundas. Por não ser um procedimento cirúrgico, os resultados costumam permanecer por um período mais curto.

Enfim, enquanto o Botox é indicado para suavizar as linhas de expressão, o preenchimento busca devolver o volume do rosto. Então, se você deseja realizar um destes procedimentos, procure profissionais especializados.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre meu trabalho como dermatologista no Rio de Janeiro.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp